Início Mundo

Mundo

Novo aeroporto de Pequim

O papel da China para a economia global

Dias atrás, o diário alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung (FAZ) publicou um longo artigo sob o título “A ascensão de uma potência mundial - 70...

Desenvolvimento do Extremo Oriente russo: movido pelo espírito pioneiro

Uma fascinante conferência ocorreu de 4-6 de setembro, em Vladivostok, Rússia, o quinto Fórum Econômico Oriental (EEF, na sigla em inglês), para discutir o desenvolvimento do extremo Oriente.

Lavrov: ordem defendida pelo Ocidente não serve à humanidade

Em um contundente artigo publicado em 20 de setembro no sítio da revista Russia in Global Affairs, o chanceler russo Sergei Lavrov colocou o dedo na ferida da grande crise civilizatória atual.

Demissão de Bolton é revés para belicistas de Washington

A demissão de John Bolton é um revés para o complexo industrial-militar e para a ala mais belicista da sociedade norte-americana.

A China suporta a pressão dos EUA

Chineses aprenderam com a ofensiva dos americanos contra os japoneses nos anos 1980 e se recusam a abrir seu mercado financeiro na guerra comercial

O que está impulsionando o populismo?

São as consequência políticas do racha crescente entre valores conservadores sociais e liberais sociais ou refletem a insegurança econômica dos eleitores?

O G20 ainda é importante?

Embora o grupo tenha sido muito bom em emitir comunicados grandiosos para reconhecer os desafios globais, se mostrou incapaz de oferecer soluções
crise argentina

A tragédia argentina e a ortodoxia econômica

O que se vê na Argentina é a disputa entre o fracasso da ortodoxia econômica liberal de Macri e a memória dos melhores momentos do peronismo, que se expressa em Alberto Fernandez/Cristina Kirchner. O crescimento da pobreza e do desemprego; a aceleração da inflação e a alta dos juros, o derretimento da moeda e a desorientação do governo minaram as chances de Macri e abriram o horizonte para o retorno triunfante dos peronistas.

China? É o sistema econômico dos EUA que está quebrado

A fraqueza dos EUA é inerente – as 500 grandes empresas devem lealdade apenas a si mesmas

O imperialismo dos EUA contra o estado de direito – I

Muitas das crises internacionais de hoje são resultado desse sistema de soberania imperial, extraterritorial e abrangente dos Estados Unidos