A política made in China 2025 e novas fronteiras tecnológicas

Este é o terceiro da série de 10 artigos "A China e o Mundo", organizada pelo professor Diego Pautasso, com auxílio dos pesquisadores Gaio Doria, Tiago Soares Nogara e Carlos Renato Ungaretti.

A CHINA E A NOVA ROTA DA SEDA

Este é o segundo de uma série de 10 artigos "A China e o Mundo", organizada pelo professor Diego Pautasso, com auxílio dos pesquisadores Gaio Doria, Tiago Soares Nogara e Carlos Renato Ungaretti.

Opinião

Para manter o déficit de soberania na Amazônia, “fundos gafanhotos” chantageiam Brasil

Jornal Solidariedade Ibero-americana, Vol. 27, no. 1 - junho de 2020.

A desorientação refletida nas ruas

O Brasil vive uma encruzilhada histórica. Com uma economia cambaleante, a exposição de profundas fraturas em seu tecido social e a crescente...

Maracanã 70 anos, quando o poeta venceu o tribuno

Há 70 anos, o dia em que o poeta venceu o tribuno. Em 16 de junho de 1950, inaugurava-se o Estádio Mário...

Dois Brasis

O Brasil mergulhou, desde o início da pandemia do coronavírus 19, em uma falsa dicotomia entre o isolamento social e a permanência, sem interrupções,...
José Bonifácio

José Bonifácio, o estadista que fundou o Brasil

Arquiteto da Independência e da estruturação do Estado nacional brasileiro, Bonifácio segue como um exemplo para o Brasil moderno

A “pós-verdade” de uma guerra que não terminou

Resenha Estratégica - Vol. 17 | nº 24 | 24 de junho de 2020   Lorenzo Carrasco e Luis Nava...

Batalha da Bielorrússia – junho de 1944: a grande vitória que ainda configura o nosso mundo do século XXI

Martin Sieff* Resenha Estratégica - Vol. 17 | nº 24 | 24 de junho de 2020.

Coronavírus: falsas afirmativas

  Alerta Científico e Ambiental 10 de março de 2020 Vol. 27  |  nº 10 | 19...

Investimentos “sustentáveis” para salvar o sistema financeiro – não o meio ambiente

Alerta Científico e Ambiental - Volume 27 - número 01-02 - 13-26 de janeiro de 2020.

Aldo Comenta

Entrevista

Defesa, Forças Armadas e a proteção da Democracia, com Aldo Rebelo e Ciro Gomes

Aldo Rebelo participou de entrevista ao vivo no #RepareBem, com Ciro Gomes, na noite da última terça-feira (26). Confira a íntegra!

Manifesto: pela união nacional de amplas forças heterogêneas

Somente a união de amplas forças políticas, econômicas e sociais, em torno de uma proposta de reconstrução e afirmação nacional, pode abrir caminho para a superação da crise atual.

Datas Nacionais

Independência da Bahia

Dez meses depois de proclamada no Riacho do Ipiranga, a Independência chegou à Bahia pelas armas e o patriotismo dos que cortavam grilhão colonialista. Dominada pelos portugueses, assim como Maranhão e o Pará, a província foi libertada pela luta do povo e de generais como Lima e Silva e o francês Pedro Labatut, além do almirante escocês Tomás Cochrane.

Verdades e Mentiras

Rui Barbosa mandou queimar os arquivos da escravidão para apagar essa “mancha negra” da História do Brasil? Mentira! Ministro da Fazenda do governo provisório da República, abolicionista precoce, Rui mandou incinerar os registros de propriedade de escravos para evitar que os senhores cobrassem indenização por serem obrigados a libertar os cativos depois da Abolição de 1888. Ele achava que se alguém merecia indenização eram os ex-escravos.

Veja mais Mentiras e verdades

ABC do Brasil

A guerra da Independência

“Se Bolívar, em 1824, chegou a comandar 9.000 homens, entre colombianos e peruanos; se San Martín, em 1817, contou com 8.000 homens; se o máximo de força do exército de Washington, no verão de 1776, foi de 18.000 homens, as forças brasileiras em luta, na Bahia e no Maranhão, ou mobilizadas no Rio de Janeiro, ultrapassaram qualquer dessas cifras (…) A Independência foi o fruto de uma guerra, não uma dádiva de Portugal, nem um presente da Casa de Bragança”.

José Honório Rodrigues, Independência, Revolução e Contrarrevolução. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1975.

Veja mais ABC do Brasil

Qual é o problema?

A indústria nacional. Perdendo participação do PIB, que de 20% nos anos de 1980 caiu para apenas 11,8% em 2018, a menor taxa desde 1950, o setor industrial brasileiro patina na obsolescência, flerta com o sucateamento e não dá sinais de poder capacitar-se tecnologicamente para uma inserção internacional competitiva. Sem um projeto nacional de que privilegie a indústria como motor da inovação na Economia, o País jamais será rico e desenvolvido.

Veja mais Qual é o problema?

Você sabia?

O Brasil é o país que mais protegeu suas florestas: nada menos que 66% de seu território ainda é coberto pela mata nativa. E utiliza apenas 7,6% com a agropecuária, enquanto a Dinamarca explora 76.8%, a Irlanda, 74,7%, a Holanda, 66,2%, a Alemanha 56,9%, os Estados Unidos, 18,3%.

Veja mais Você sabia?

Brasilidades

A Seção Brasilidades do Portal Bonifácio celebra, neste 2 de Julho, a independência da Bahia do jugo colonial português, quando o Exército Libertador entrou em Salvador, depois da saída da tropa portuguesa comandada pelo general Inácio Luís Madeira de Melo. Na Bahia ocorreu a decisiva batalha de...

Na ponta da língua

Marmiteiro vai às urnas

A palavra marmita, importada do francês marmite, desdobrou-se no brasileirismo marmiteiro e virou um termo importante na política. Nas eleições de 1945,...

Documento

Resenha da semana

Baú de Atualidades