Euclides da Cunha

A Seção Brasilidades do Portal Bonifácio celebra, neste 20 de janeiro, o aniversário de 155 anos do nascimento de Euclides da Cunha. Militar e jornalista, Euclides marcou sua vida pelo livro Os Sertões a partir da cobertura jornalística para o jornal O Estado de São Paulo do conflito envolvendo rebeldes sertanejos e o Exército Brasileiro na Bahia. A obra de Euclides reúne jornalismo, história e uma interpretação original da sociedade brasileira revelando ao Brasil o sertanejo, o Brasil profundo ignorado nos meios urbanos. Ao chegar ao sertão da Bahia, Euclides era portador dos preconceitos do final do século XIX contra o mestiço e a mestiçagem, mudou de opinião ao conhecer Canudos e redescobriu o sertanejo, sintetizado na frase que ficou famosa: “o sertanejo é antes de tudo um forte”.

2 COMENTÁRIOS

  1. Amado Povo Sertanejo! Euclides da Cunha deve está se remexendo no Caixão: Os Homens que eram fortes, “Aqueles que sofriam sem temer nem desejar a morte”, hoje vivem abaixo da Caridade Oficial, escravizados pelas Cestas Básicas, lambendo Botas de Políticos sem filosofia. Vivemos sangrando, como dói: Nossa Civilização Aliou-Se ao cangaço.

Deixe um comentário

Os comentários serão avaliados pela redação. Solicitamos que o debate de ideias seja mantido em nível elevado, à altura da busca de soluções para os problemas nacionais. Não se admitem xingamentos pessoais nem acusações que configurem os crimes de calúnia, injúria e difamação.

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui