Dia do Fico

D. Pedro I - pintura de Pedro Manoel pintor oficial da corte

Pressionado pelas Cortes Portuguesas a retornar a Lisboa, o príncipe-regente Pedro I decidiu permanecer no Brasil, em 1822, atendendo ao calor popular de um abaixo-assinado com 8 mil assinaturas, e declarou: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”. A partir daí, cresceu o movimento pela Independência.

Deixe um comentário

Os comentários serão avaliados pela redação. Solicitamos que o debate de ideias seja mantido em nível elevado, à altura da busca de soluções para os problemas nacionais. Não se admitem xingamentos pessoais nem acusações que configurem os crimes de calúnia, injúria e difamação.

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui