As mulheres de Tejucupapo

As mulheres de Tejucupapo, distrito do atual município de Goiana, nas cercanias de Recife, em Pernambuco, entraram para a história do Brasil em um episódio heroico no dia 24 de abril de 1646, quando enfrentaram e derrotaram cerca de 600 soldados holandeses, usando como armas pedaços de pau, chuços, enxadas, pimenta e água fervente. A batalha, sem grandes consequências militares, abalou a moral dos ocupantes batavos. O episódio foi descrito pela primeira vez pelo religioso luso Manuel Calado, contemporâneo dos fatos, em seu livro O Valeroso Lucideno, de 1648, e retratado em painel pela pintora Tereza Costa Rego. Os moradores mantém viva a memória da Batalha pela atividade do grupo cultural Heroínas de Tejucupapo e um obelisco foi erguido no lugar com a seguinte inscrição: “Aqui, em 1646, as mulheres de Tejucupapo conquistaram o tratamento de heroínas por terem, com as armas ao lado dos maridos, filhos e irmãos, repelido 600 holandeses que recuaram derrotados”.

1 COMENTÁRIO

  1. O Brasil, Mais que nunca, Está precisando dessas mulheres para derrotar nossos ” Fascistas de Província”.

Deixe um comentário

Os comentários serão avaliados pela redação. Solicitamos que o debate de ideias seja mantido em nível elevado, à altura da busca de soluções para os problemas nacionais. Não se admitem xingamentos pessoais nem acusações que configurem os crimes de calúnia, injúria e difamação.

Escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui